A história do GIF animado

Vídeo curtinho (English-only, infelizmente) sobre a história do GIF animado.

Muito popular no nascimento da web comercial (~1996), o formato passou por um período de hibernação durante a ascensão da outrora chamada “Web 2.0″ e seus layouts assépticos, mais sóbrios e estáticos.

GIF animado do tipo 'under construction'.

Com o advento de sites com Reddit e Tumblr, o GIF animado voltou com força e mais maturidade; em vez de chamas pretensamente realistas, bandeiras dos Estados Unidos ao vento e o indefectível “under construction”, a nova onda do formato é usada em mashups, artistas, filmes, moda, cenas do cotidiano… É uma nova forma de se expressar ao alcance de qualquer um; nesse lapso entre as duas fases as ferramentas de criação também evoluíram e, hoje, mesmo os menos habilidosos conseguem criar seus GIFs animados — até eu!

O vídeo ainda reserva algum tempo para os incríveis cinemagraphs com os criadores do formato. Kevin Burg e Jamie Beck veem essa técnica como “evolução da fotografia”, definição que assino embaixo. É algo próximo das imagens que se mexem do universo de Harry Potter, mas acessível aos “trouxas” ;-)

No fim, entra a discussão: a pronúncia correta é “guífi” ou “gífi”? Como um dos entrevistados diz, o(s) criador(es) do formato o chama “gífi”, mas o “guífi” está bastante enraizado em muitos cenários — pessoalmente nunca ouvi alguém falar “gífi”.

Eu falo “guífi”, deal with it.

[kottke.org]

Marcados com: , ,
Publicado em Notícias
Um comentário sobre “A história do GIF animado